Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Foda fenomenal

As minhas mãos sobre o teu ombro e meto a mão no decote...
Apalpava-lhe as mamas.
A saia subida começava uma masturbação enquanto as nossas bocas se colavam.
Doidice divinal...
O tesão era tanto.
A cueca foi afastada e sentiu o meu caralho a entrar fundo.
Com duas bombadas e quase a esporrar-me tirei e esguichou entre as cuecas e cinto de ligas que ficaram encharcados.
Era uma noite fria.
Meti a mão nas pernas, e toda molhada, trouxe-lhe os dedos à boca:
- Chupa-os, filha, chupa o teu mel, chupa minha putinha.
Adorou o tratamento...
Loucura!!!
Era tempo de foder novamente, entrei nela lentamente, foi pedindo mais e mais, tendo a certa altura pedido:
-  Dá-me palmadas, fode-me com força, mete-o todo dentro de mim, fode-me.
- Quero ser fodida.
Dicou de quatro e enterrei de uma vez.
Fodia aquela cona toda, fazia aumentar de excitação aquela humidade toda, aqueles gritos.
A senti-la a ter orgasmos múltiplos.
Estava quase a esporrar, e dize-lhe:
Toma tudo, sente, foda-se.
- Quero todo na minha boca. quero o teu leite, quero.
Meti-lhe o caralho na boca, deixando-a masturbar e chupar, esporrando-me todo.

2 comentários:

  1. Adoro ler sobre a paixão crua entre os casais reais ....

    pós quente

    bjs
    1ManView

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigado 1ManView
      então continua a ler, continua a ler as nossas paixões sexuais..

      Eliminar