Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Safada e provocadora.

Esfregou o rabo na minha cara, levou com a minha língua a passar de alto a baixo naquele rego do cu, até à sua coninha húmida.
Comecei a dar-lhe umas palmadinhas, leves, pausadas, que iam deixando a bochecha avermelhada.
Contorcia-se de prazer...
O gozo era total!!!
Meti-lhe um dedo na cona encharcada, era uma excitação total, fodi-a com os dedos, até que:
- Foda-se estou a vir-me, fode-me fode-me...
Saltou para cima de mim, toda aberta para a foder. Mas... Num ápice agarrou no meu caralho colocou na boca e com a agilidade mamou, mamou sem parar.
Bem duro que estava.
Agarrei-a e coloquei-a de costas para mim, dobrou as pernas e fodi de uma estocada só.
Esporrou-se.
Fodiamos e vinha-se descontroladamente e repetidamente.
- Fode, come essa cona, enche-a de carne, enche-a de leite.
- Fode, fode, não pares...
Era demais comecei a bombar leite naquela cona que transbordou quando retirei.
Aproximei-me da boca e pedi para me mamar, a sua boca recebia umas gotas do meu prazer.

Sem comentários:

Enviar um comentário