Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Fizeste-me gemer

Festas de verão, sexys, como são saborosas.
Casais divertidos e animados.
Gente bonita, sensual e atrevida.
O calor apertava...
Decidi provocar com aquele vestido curtinho, sem cueca.
De salto alto.
Vou fazer delirar muita gente.
Senti-te a aproximar, empinei o meu rabo para ti.
Senti o teu corpo colado a mim e hummm...
Penetraste-me com esse mastro que adoro.
Fizeste-me gemer de tesão, de prazer.
Sentia-o todo dentro de mim.
Entrava e saía, suavemente, não conseguia resistir.
Molhada de tanto tesão, dei-te o prazer de me fazeres vir ali, em segundos, enquanto uma multidão delirava com o nosso espectáculo.
Fizeste-me sentar no teu pau bem delicioso.
E...
Senti-o novamente, rodopiava como tu adora, fazia-te delirar, as tuas mãos 
Mais uma vez, fizeste-me gemer, tremer e estremecer de tesão.
Quero sentir o teu gemido, o teu leite.
Ajoelhei-me, e chupei-te, chupei-te...
Deliciei-me com esse pau que adoro.
Tu não aguentas-te muito tempo...eu sei que adoras a minha boca gulosa, e vieste-te, com esse leite que adoro.
A minha boca ficou bem cheia de paixão.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Com intensidade

A pista que era toda nossa e, começamos a dançar, roçando-nos um no outro, fazendo crescer e aumentando o desejo dela.
Começo a amassa-la, a mordiscar-lhe o pescoço. A meter-lhe as mãos pelas mamas, as mãos percorriam aquele corpo, de ponta a ponta, ficando a Miss Blue Eyes num estado de loucura, fervia de desejo e volúpia.
A mão concentra-se em volta da cona dela, sem lhe tocar no grelo, conseguindo-lhe arrancar gemidos bem fortes.
Atiro-me as mamas, pescoço boca, o seu corpo começa a rebolar-se, em volta do meu pau que já estava bem duro.
Ponho-lhe as mamas de fora e lambo-as com delicadeza, continuo a acariciar as pernas dela e a trabalhar em volta do grelo.
Miss Blue Eyes estava louca de desejo, e pronta para foder.
Só sabia que queria ser bem enterrada, e bem comida, eu ao ver o desejo e a vontade dela, fico louco por completo.
O mel da Miss Blue Eyes escorre pelas pernas abaixo.
Contorce-se de desejo e prazer, eu perante aquele envolvimento todo não me contenho. 
Ela desapertar-me as calças e começa a mamar-me o caralho todo.
Resolvemos ir para um quarto, aí Miss Blue Eyes despe-se, começa a lamber-me o pau, quanto mais ela lambe mais eu geme, e o pau vai aumentando de tamanho, ela delicia-se a mamar.
Miss Blue Eyes geme de prazer.
Ela adora ser bem lambida, a cona dela escorria pelas pernas, estava toda molhada.
Fizemos um puro 69, de seguida ela salta para cima do meu pau e começa a foder, com intensidade. Eu gemia, ela gritava de tanto saltar no meu caralho, e atingiu o primeiro orgasmo, gemendo...
- Fode-se, Fode-me, Fode-me, não pares...... Estou a vir-meeeee haaaaaa, da-se, da-me, uiiiiii.
Coloco dois dedos no seu clitóris e esfrego, acaricio com grande rapidez vindo-se ela mais duas vezes seguidas.
- Estou a vir-me outra vezzzzzz, haaaaa tão bommmmm.
Deito-a na cama, e enfio-lhe o caralho pela cona dentro, soltando ela gemidos loucos, mas sempre a pedir mais, e mais pau, e atinge novo orgasmo em poucos segundos, com o caralho bem enterrado até aos colhões.
- Aiiiiiiiiiii tão bommmm, quero maisssss.
Miss Blue Eyes mete-se de quatro, e diz:
- Enterra-me até aos colhões...
Não me fiz rogado e enterro-lhe na cona com uma grande estocada, fazendo-a gemer de prazer.
-Fode, fode, fode essa cona toda, fode-meeeeee.
Ela geme, geme, a cada estocada que lhe dou, até que da-se explosão em simultâneo.
Venho-me, esporro-me todo, ela entre gemidos e gritos, vem-se loucamente.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

As tuas entranhas

Vem... Deixa-me tocar no teu corpo. Acaricia-me!
Quero beijar os teus seios.
Saborear o mel... E me afogar nas ondas do teu desejo.
Vem... Faz de mim a tua fonte de prazer.
Desliza no meu corpo e aquece o meu peito com o calor das tuas coxas.
Acaricia-me com as tuas nádegas macias e ancora no cais da minha boca enquanto a minha língua desafia-te para a loucura.
Vem... Escorrega lentamente e pincela o meu queixo com as lavas do teu vulcão.
Deixa o teu aroma gostoso, o teu liquido viscoso a invadir as minhas narinas e alimentar o meu desejo animal.
Vem... Faz do meu sexo o teu brinquedo ideal.
Explora, consome e devora-me.
Leva-me a loucura em profundos gemidos,arrancando do meu ser devassos gozos de prazer, que inundarão as tuas entranhas com o néctar da vida.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

No aperto das tuas coxas

E dizes-me, no meio de um sorriso deslumbrante:
- Hoje, eu quero ser tua. 
Selo com um beijo a tua boca. 
Que bom deixar-te toda nua!! 
Que maravilha!! 
Que delícia tesão foder contigo!! 
Entonteces-me com o teu cheiro. 
Desorientas-me quando entregas as tuas mamas à minha boca. 
Atordoas-me quando saboreio o teu gosto de mulher. 
Deixas-me tão louco quando gemes. 
Enlouqueces-me quando me dás o teu mel. 
Que delírio... 
Quando tu me acolhes entre as tuas pernas. 
Dentro de ti... 
Já não sei, nem quero, controlar-me. 
No aperto das tuas coxas, o prazer é formidável. 
As carícias da tua vagina são arrebatadoras. 
Sabes que me levaste ao limite da loucura. 
Na tua boca... Venho-me. 
Tens-me a gemer, desvairado, doido. 
Tens-me. 
Na tua boca, derramo o meu esperma num orgasmo colossal.