Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Deixa-me tomar conta de ti

Acho delirante...
Gostas de beijar o meu rabo, sinto os teus lábios quentes, uma e outra vez, no meu rabo.
Fazes-me soltar vários gemidos.
Nu, sinto a tua língua, sinto o teu pau nas minhas costas e vais gemendo, sinto-o crescer, desces e entreabres as minhas pernas e sinto-te entrar dentro de mim com uma estocada forte.
Um gemido profundo corta o ar e só as estocadas uma atrás da outra , que me vai provocando gemidos atrás de gemidos.
A forma com que me fodes, deixam fora de mim.
Vais lutando contra o prazer , mas eu quero-te na minha boca.
Meto o teu pau na minha boca doce, e gemes...
- Gosto tanto quando me chupas.
- Então deita para trás e deixa-me tomar conta de ti.
Coloco-o na minha boca , e degusto-o até a meu belo prazer.
Chupo o tronco do teu pau uma e outra vez e ouço os humms humms mais estimulantes.
Estou louca, perdida e cheia de vontade de ti.
Os meus movimentos são mais intensos, quero a tua libertação de prazer , quero a tua loucura, rebenta dentro de mim.

1 comentário:

  1. Labios famintos que procuram a mistuta perfeita entre o doce do nectar que brotam...dos gomos sumarentos e o pimenta do nanel quente....e latejante...

    ResponderEliminar