Blue Eyes

Blue Eyes

sábado, 24 de fevereiro de 2018

GangBang com 5 Negros

Entramos no club eram 04h00, a pista estava deserta, caminhamos e paramos no balcão do bar. Pedidos 2 sumos, e sentamo-nos um pouco. Minutos depois fomos ver o ambiente pelos corredores e quartos, estava muito escuro, mas calmo, alguns singles, era a noite Black Friday, só singles negros.
Regressamos á pista, sentamo-nos, e ficamos a conversa, e começamos a observar os singles, e a tirar ideias. Um deles meteu conversa, muita agradável super educado, apresentou os amigos dele, 5 Negros, todos simpáticos,. Ficamos minutos á conversa… 
Nunca tinha estado com muitos homens ao mesmo tempo e nem sabia ao certo como agir, mas mesmo assim, so queria ser eu mesma, uma verdadeira puta na cama.Entretanto vamos ate ao quarto escuro, uma cama redonda, um glory hole, com umas grades. Fiquei á espera deles, queria ver, sentir o tamanho daqueles paus. Tinha em mente um Gangbang. 
Eu sempre fui louca para fazer um GangBang, sempre achei super excitante ter vários homens só para mim.
Nunca tinha estado com muitos homens ao mesmo tempo e nem sabia ao certo como agir, mas mesmo assim, so queria ser eu mesma, uma verdadeira puta na cama. Os Singles foram chegando e aproximando de mim, começaram a tocar no meu corpo, deslizavam as mãos e línguas, acariciaram a minha cona e deixaram-me toda molhadinha, devagar foram tirando a minha roupa.
Senti aqueles paus, uns maiores e mais grossos, estava louca de desejo, queria-os a todos.
Fiquei toda nua, ali para eles, deitada na cama redonda, e eles todos nus para mim, 5 Negros só para mim.
Um a um foram-me dando prazer, todos os 5 fizeram-me um delicioso minete, deixando-me ainda mais húmida, e eu claro, chupava aqueles pénis deliciosos. 
Soltava gritos de prazerMaravilhosos e enormes como uma cadela no cio lambia chupava e batia aquelas 5 pirocas só para mim. Depois fiquei de pernas abertas, para receber o pénis bem grosso, uma piroca como até agora nunca tinha encontrado, que grossa meu deus.
Fui penetrada devagar, sentia a me preencher por dentro, depois, fodia-me mais rápido, era uma delícia sentir aquele pau enorme entrar e sair da minha ratinha enquanto as bolas batiam, e os outros me davam pirocas para lamber e chupar. 
Fiquei exausta por satisfazer os meus machos. Mas eles, podem ter a certeza que me satisfizeram muito mais...Um a um foram me fodendo, a minha ratinha sentiu todas aquelas 5 pirocas negras. 
Eles metiam com intensidade e muito tesão. Era um vai-e-vem de pirocas dentro de mim. Revirava os olhos de prazer . Eu gemia, gritava de prazer, deixando os meus negrões ainda mais excitados. Um ocupava o lugar do outro, com o mesmo vigor, mal me recuperava e já estava sentindo outro negrão dentro de mim. 
Um veio-se no meu peito, outro pedi para se vir para mim, ali á minha frente a bater uma punheta, o single da piroca grossa, maravilhoso.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Preparei-me para ti...

Sentia o corpo quente, um friozinho de tesão e de saudades percorria-me o corpo a cada passagem da lamina que cortava o triângulozinho de pelos acima do clitóris.

De cada vez que passava o sabonete e os dedos pela cona o tesão aumentava exponencialmente. Sentia a minha humidade lasciva de cada vez que metia os dedos dentro dela.
A água do chuveiro a percorrer-me o corpo, as gotas de água a pingarem dos bicos das mamas bem tesos...
Peguei no chuveiro para a lavar e ver como estava:

Lisinha sem pinta de pelo, pronta para ser lambida e fodida por ti. 
Os jactos de água do chuveiro no clitóris, hum, delicioso. Abri um pouco os lábios para os lados e deixei que se projectassem nele, esfreguei o chuveiro, meti os dedos na cona, a excitação crescia cada vez mais.

Peguei no brinquedo e enfiei-o de uma vez....ui... que tesão... ele a entrar em mim e a sair... os jactos de água... apertava-o dentro da cona de cada vez que estava lá dentro, puxando-o para fora enquanto o apertava...
Acelerei o ritmo...
Senti o orgasmo a aproximar-se e esfreguei o chuveiro com mais força... até sentir o orgasmo em toda a sua plenitude em convulsões, espasmos de prazer...
Delicioso!