quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Sem demoras

Sinto que ele já esta excitado.
Abro lhe o fecho e ponho lhe o pau de fora, sem demoras, abocanho o todinho.
Começo a chupar-lhe aqueles tomates deliciosos…. Hummm que delicia.
Tanto tesão!
A minha cona a ficar toda molhada 
Ele atira-se á minha cona, aquela boca e língua… Hummmm...
Faz-me delirar, contorcer de tanto prazer.
O meu tesão aumentava a com aquele pau e sem demoras, começamos um 69 infernal…
Que delírio.
Quero aquele pau dentro de mim.
Para me preencher todinha.
Coloco-me de quatro, para que ele tenha uma boa visão da minha cona molhadinha que tanto quer o pau bem dentro.
- Enfia esse pau, enfia...
Sem demoras penetra-me de forma selvagem, fode-me á bruta, fode-me como eu gosto.
Palmadas atrás de palmadas, que tesão.
Não resisti e atingi um orgasmo fenomenal.
Queria o pau na minha boca e sentir o leite quente na minha boca, e abocanho o todinho, não lhe dou descanso, e sem parar o ritmo, ele vem se na minha boca, sinto o leite quente, lambo e chupo ate á ultima gotinha… Hummmm como é bom.

Pequeno almoço

Se não fosse o broche desta manhã, ainda tinha o estômago vazio!

Sentidos

A vontade apoderou-se de mim.
Tenho fome e vou te comer...
Serei a fera e tu a presa nas minhas garras.
Sinto-me uma felina...
E sem demoras abocanho.
Sinto-te a crescer, a minha língua brinca contigo...
Deixas-te ir, vais acompanhado o meu ritmo.
As tuas mãos na minha cabeça...
Vou-me deliciar em ti e contigo.
Mexes com as minhas entranhas...
Consegues tirar-me os gemidos mais sentidos e intensos.

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Tanto prazer

Tínhamos que saciar o desejo um pelo outro, era muita vontade e querer.
Sem demoras "engolimo-nos" um no outro, num beijo frenético, as mãos percorriam os nossos corpos.
As mãos dele estavam diabólicas, passeavam no meu corpo, a minha respiração ofegante, sem parar de me beijar sinto os dedos dele dentro de mim, solto um gemido.
Subi para a cama e fiquei de 4, ele tira-me o vestido que trazia.
Ele esfregava-me, beijava-me, ele estava com muita vontade, e eu não menos que isso, só sentia-me ofegante, encharcada e a escorrer.
Contorço-me, arqueio de tanto tesão.
Mas precisava de o sentir dentro de mim.
A fome de nós era tanta que numa só estocada senti-o dentro de mim, gritei de tesão, queria senti-lo com ritmo.
Os nossos corpos encaixados, a mexerem-se como se de uma dança se trata-se, e digo-lhe “fode-me”.
Começou a bombar com o ritmo que gostamos e não demorei a ter um orgasmo fenomenal.
Sinto-o mais duro dentro de mim, e digo-lhe: “vem-te ”.
O tesão deixava-me cada vez mais encharcada.
Gemo e grito...
Da-se a explosão.
De imediato coloco na minha boca, e chupo, chupo até ele me pedir por favor para parar que já não aguentava mais de tanto prazer.

Com força

Provoco mais, vou passando os meus dedos nos meus mamilos que logo ficam duros.
Ele já está alisar o pau, não consegue esconder o tesão.
Passo as mãos nas minhas pernas pela parte interior ate tocar na minha ratinha que já ta húmida de tanto tesão.
Ele que estava ali, tive uma visão espantosa, aquele pau estava tão duro q ue quase arrebentava as calças.
Ele desaperta os botões e me põe as mamas de fora e cai de boca nelas.
Solto gemidos, enquanto vai acariciando a minha cona que já estava molhada.
Mete 2 dedos na minha cona bem no fundo, volto a soltar outro gemido, sem mais demoras se ajoelha e vai passando a língua.
Humm... que delicia, sinto o meu tesão a crescer cada vez mais...
Ele sente que eu estou ofegante e passa com mais firmeza aquela língua louca pela minha cona, passando pelo clítoris que me deixa louca, e começa num minete brutal que me contorço toda, como o tesão era tanto não me aguento e venho me na boca dele.
Faço-o levantar e tiro-lhe o pau para fora, ele agarra nos meus cabelos e obriga me a abocanha-lo todinho.
Vou chupando aquele pau quente… Humm que delicia.
Tiro da minha boca e ponho-me de 4, vai pondo o pau dele na entrada na minha cona, só a cabecinha, sinto ele a latejar, e vai enterrando aos poucos bem devagar para o sentir entrar todo.
Quando o mete todo começa com estocadas mais fortes, agarra nos meus cabelos e me diz no meu ouvido “gostas puta?” “senti o todo lá dentro cabra”.
Ouvindo isso o meu tesão aumenta, ele sente que estou louca de desejo e aumenta o ritmo cada vez mais, ate sentir os tomates dele a bater no meu cu, vai me dando palmadas no cu… Humm que delicia.
Agarra nas minhas ancas com força e começa num vai e vem que grito de tesão, enquanto isso vou passando a minha mão nos mamilos que tão duros…Hummm tá bom demais.
Ele já não se contendo de tanto tesão diz que se vai vir para mim, agarra-me com força nos cabelos e diz “vou me vir cabra”.
Sinto o leite quente a cair sobre as minhas mamas duras de tanto tesão….Humm....

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Sem mais demoras

Entramos no carro e sinto a mão dele na minha perna, puxa me a saia um pouco para cima e sinto a mão dele a percorrer a parte interna da minha perna, ate que a sinto a tocar na minha cona…

Vibrei de tanto tesão!!!!
Eu atrevida, passo a minha mão sobre as calças dele, sinto um volume nas mesmas, e começo acaricia-lo.
Abro as calças e ponho o seu pau para fora, ponho a mão e sinto que ele ta louco de tesão.
Sem mais demoras passo a minha língua por ele todo, brinco com a minha língua na cabecinha, ele solta um gemido.
Que tesão me estava a dar, abocanho aquele pau todo, e começo num vai e vem bem devagar, queria senti-lo bem na minha boca.
De repente parei de o abocanhar, e olho para ele com um olhar guloso, ele sem demoras agarra nos meus cabelos com força e faz-me abocanha-lo de novo…Hummm que tesão. A minha cona ficou ainda mais molhada do que já estava.
Senti que ele queria que eu sentisse aquele leite quente na minha boca, não me fiz rogada e continuei num broche fenomenal, não demorou muito até ele se vir na minha boca…. Hummmm que bom.
Deita-me e percorre com a língua quente todo o meu corpo, não deixa passar nenhum centímetro da minha pele… Hummm...
Sinto a boca dele nos meus mamilos que já estavam duros de tanto tesão, ele lambia, chupava e trincava com muita mestria. Que tesão louco !!
Sem parar continua a percorrer todo o meu corpo até chegar na minha cona que já estava toda molhada de tanto tesão.
Já me contorcia toda, já gemia, que tesão ...
O meu tesão era tanto, sentir aquela boca e língua na minha cona.
Agarrei-lhe na cabeça e obriguei-o a lamber a minha cona e lhe disse; “ lambe-a toda”.
Que minete brutal, que língua infernal, em pouco minutos senti um orgasmo fenomenal.
Mas mesmo assim eu queria mais.
Sentei-me no colo dele e começo a por aquele pau dentro de mim bem devagar, queria sentir cada centímetro dele a preencher-me, enquanto isso agarra-me nas mamas e chupa os meus mamilos todinhos com muita mestria.
Cavalgo que nem louca, estava bom, tanto foi o tamanho do tesão que atingi novamente com ele dentro de mim, via a satisfação na cara dele quando me viu atingir.
Louco como ele estava, coloca-me de 4, e enfia o todo dentro da minha cona que ainda estava a latejar, gritei de prazer, puxa-me os cabelos e começa a bombar que nem um selvagem.
Não aguentou muito e veio-se dentro de mim, sentia aquele leite todo…. Hummmm.

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Quis me refrescar

Estava calor, fui até a uma esplanada e pedi um gelado.
Enquanto comia o gelado era observada por ele.
Decidi provocar a situação, eu chupava, lambia o gelado como se de um pau se trata-se.
Para piorar a situação descruzo as pernas e deixo que ele veja que estou sem cuequinha.
Ele vê uma ratinha rapadinha e já húmida... 
Gostou do que viu, então começo a passar a minha mão nas pernas para o deixar pior.
Ele já ta a ficar excitado, então olho para ele com cara de safada e passo a minha língua pelos lábios.
Sinto que já não consegue esconder a sua excitação, então passo a outra acção, levanto-me e pisco-lhe o olho, ele segue-me, entro no wc e ele também.
Encosto á parede e lhe dou um beijo ofegante.
Sem demoras abro-lhe as calças e ponho o seu pau de fora, então abaixo-me e passo a língua de baixo para cima no pau que sinto a latejar.
Sem mais demoras abocanho, ele geme, e vou começando com um vai e vem, sinto cada vez mais aquele pau na minha boca, sinto que ta quase a explodir então tiro a minha boca.
Viro-me de costas levanto a minha saia e logo fica á mostra o meu rabo que deseja a sua boca, ele apercebe e baixa-se e vai passando a língua desde a minha cona ate ao rabo...
Hummm como é delicioso sentir aquela boca quente, vai brincando com a língua no meu rabo, gemo de satisfação e de enorme tesão...
Ele diz: "vou te comer toda, sua puta!"...
Sinto ele a entrar dentro de mim que sensação boa.
Agarra-me nos cabelos e diz-me no meu ouvido: "era isto que estavas a provocar sua puta?" "agora toma o todo dentro, sua cabra".
Com estas palavras a minha cona fica ainda mais molhada, ele fode-me, fode-me...
Nós já gemíamos e gritávamos de tanto tesão.
Sinto que ele não aguenta mais, e digo-lhe que quero sentir o leite quente dele na minha boca.
Quando ele esta para se vir, puxa-me os cabelos e obriga-me a ajoelhar e diz: "toma o meu leite quente, puta", abocanho novamente e sem demoras sinto o leite quente na minha boca, lambo e engulo até á ultima gota.
Levanto-me, arranjamo-nos e ele diz para mim: "provocaste-me tiveste o troco, puta!".